Em meio a realização da 10ª edição da Conferência da Cidade, chego a conclusão que as idéias, sugestões e reivindicações são muitas, mas, a maioria não sai do livro de ata. Vivemos uma situação de caos na saúde publica não só em Marília, mas, em todo o território nacional. A crise desencadeada pela saída dos médicos cubanos do sistema de saúde pública brasileira é apenas um dos aspectos que tornam o atendimento no país uma vergonha. O Brasil é um país de  dimensões continentais, com uma população de mais de 200 milhões de pessoas e a maioria sem dinheiro para cuidar da saúde, exige um esforço extra do Estado para tentar solucionar os problemas.

Em nosso município não é diferente, pois, até quem tem plano de saúde está reclamando do atendimento, do preço elevado, das imposições e por aí a fora.

O programa Mais Médicos surgiu de uma problema entre a formação de profissionais e o que o Estado pode pagar pelos seus serviços. Ou seja, o jovem investe muito alto para se formar médico, e quando está em condições de exercer a profissão, quer recuperar o seu investimento de maneira rápida. Lembrando que o salário do Mais Médicos não chega a 12 mil reais.

No entanto, ficou óbvio que a solução foi paliativa. O governo Bolsonaro assume com mais um desafio: como atrair “mais médicos” para o sistema público? O governo não tem de onde tirar mais dinheiro para remunerar esse contingente de acordo com a expectativa que os médicos brasileiros têm.

Enquanto isso, conferências são realizadas em todo o país de forma válida e democrática com sugestões e apontamentos que por muitas vezes expressam a necessidade real do usuário, mas, que sabemos de cor e salteado como coisas utópicas em um cenário cada vez mais decadente.

Me lembro da 1ª Conferencia da Saúde realizada na cidade, na qual ajudei a organizar e, de todas as propostas apresentadas, já passados 10 anos, é triste elencar apenas duas ou três conquistas. O dinheiro vem para incentivar a discussão, mas, melhor seria que o povo fosse realmente atendido, pois realmente a nossa saúde está na UTI.

Chama o SAMU…ixi, será que está rodando ????

error: Conteúdo protegido por direitos autorais.