Avanço da pandemia é mais veloz no interior de SP do que na capital, aponta estudo. Já é considerado um momento crítico. Dos casos confirmados de coronavírus no País, 118.436 estão em acompanhamento e 84.970 estão recuperados.

No dia em que Nelson Teich foi exonerado, menos de um mês após tomar posse, o Ministério da Saúde informou que foram registradas 824 mortes e 15.305 novos casos por covid-19 em 24 horas. É um novo recorde diário de ocorrências, superando os 13.944 casos relatados nesta quinta-feira, 14.

No total, o Brasil soma 14.817 óbitos e 218.223 contaminados pela doença. Ainda de acordo com a pasta, há pelo menos 2.300 mortes em investigação para identificar se a causa foi a covid-19 ou não.

Reprodução

Dos casos confirmados de coronavírus no País, 118.436 estão em acompanhamento e 84.970 estão recuperados.

O Estado de São Paulo segue liderando em número de casos (58.378) e mortes (4.501) decorrentes da doença; seguido pelo Ceará (22.490 casos e 1.476 óbitos); e pelo Rio de Janeiro (19.987 e 2.438).

Últimas notícias sobre o coronavírus no mundo 

Uma em cada três pessoas infectadas pelo coronavírus na espanha não apresentou sintomas, revela estudo.

Espanha é o quinto país em número de mortes pela covid-19, mas uma pesquisa com quase 70.000 participantes revela que apenas 5% dos espanhóis contraíram o vírus e sugerem que 90% dos casos não foram detectados pelo sistema de saúde do país.

O primeiro-ministro de Portugal, António Costa, anunciou que as praias serão reabertas ao público em 6 de junho, embora o façam com protocolos específicos para evitar multidões e garantir distanciamento. Os grupos devem manter uma distância mínima de 1,5 metro e deve haver pelo menos três metros entre guarda-chuvas ou toldos. Atividades esportivas na areia com mais de duas pessoas, além de pedalinhos ou toboáguas, também serão proibidas.

Costa explicou que um sistema de cores será estabelecido para que os usuários possam ver –em princípio por meio de um aplicativo– se a praia para a qual querem ir está vermelha, amarela ou verde, dependendo da ocupação. “Todo mundo se monitora”, disse o primeiro-ministro, que assumiu que “você não pode ter um policial por pessoa” e que, portanto, nenhuma restrição pode ser imposta. Em termos econômicos, confirmou a abertura também na segunda-feira de novos estabelecimentos comerciais, restaurantes e cafés, embora o façam inicialmente com um máximo de 50% da capacidade. Costa considera a possibilidade de aumentar esse limite a partir de junho, pois admitiu que é uma medida “muito restritiva”, que põe em risco a viabilidade dos estabelecimentos.

São Paulo registra 4.501 mortes por coronavírus e 58.378 casos confirmados da doença

Foto ilustrativa mostra resultado positivo para o novo coronavíru — Foto: Dado Ruvic/Reuters/Arquivo

Nas últimas 24 horas, foram 186 novos óbitos, o que representa um aumento de 6% em relação a quinta-feira (14).

O número de mortes por coronavírus no estado de São Paulo subiu para 4.501 nesta sexta-feira (15), de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde. Nas últimas 24 horas, foram 186 novos óbitos, o que representa um aumento de 6% em relação a quinta feira ( 14 ).

No total, são 58.378 casos confirmados da doença no estado. Inicialmente a secretaria informou que esses casos chegavam a 58.247, mas atualizou os números durante a tarde.

Os dados atualizados informam que foram 4.092 novos diagnósticos nas últimas 24 horas, o que representa um aumento de 7% em relação ao dia anterior. No Brasil, foram registrados 218.223 casos e 14.817 óbitos.

De acordo com o secretário de saúde José Henrique Germann, praticamente 10 mil pessoas estão internadas no estado de São Paulo devido ao coronavírus, sendo 3.904 em Unidades de Terapia Intensiva (UTI) e 6.205 em leitos de enfermaria. A taxa de ocupação de leitos de UTI no estado é de 68,8%, enquanto que na Grande São Paulo o percentual é de 84,4%.

Mais de 40% dos casos e óbitos estão no interior, litoral e Grande São Paulo, o que mostra o avanço mais rápido da doença fora da capital. Essas regiões totalizam, hoje, 1.824 mortes e 24.386 pessoas infectadas.

Dos 645 municípios que compõem São Paulo, 455 municípios tiveram ao menos um caso confirmado e 209 deles têm registro de pelo menos uma vítima fatal da doença.

“Nós mantemos 10 mil pacientes internados, vocês devem se recordar que há quinze dias esse número era mais ou menos paritário, 50% e 50% entre UTI e enfermaria e agora a parte de enfermaria já é superior aos internados em UTI e aqui estão tanto os pacientes confirmados quanto os pacientes suspeitos de coronavírus, de Covid-19. As taxas de ocupação em UTI no estado de São Paulo estão em 68% e na Grande São Paulo 84,4%”, disse Germann.

Avanço da pandemia é mais veloz no interior de SP do que na capital, aponta estudo

Estudo revela que grandes municípios do interior podem disseminar a doença para cidades vizinhas

Estudo realizado pelo Centro de Contingenciamento da Secretaria Estadual da Saúde, em parceria com a Unesp, revelou que na primeira quinzena do mês de maio a ampliação do contágio de coronavírus no interior paulista está com uma velocidade maior do que na capital.

O médico e professor da Faculdade de Medicina da Unesp de Botucatu e integrante do Centro de Contingenciamento, Carlos Fortaleza, afirmou que, como os casos de Covid-19 no interior estavam no mês de abril “três semanas atrás” dos registrados na capital, o número começou a ter uma crescente no mês de maio.

As últimas notícias sobre o coronavírus nas regiões de Bauru e Marília

Jaú realiza tradicional feira de domingo em sistema drive-thru: todo mundo deve estar de máscara

Jaú mantém feira de produtores rurais no sistema ‘drive thru’

A tradicional Feira dos Produtores Rurais de Jaú (SP) será novamente realizada neste domingo (17) no formato “drive thru”, com os consumidores passando de carro pelas barracas. O objetivo é contribuir com o escoamento da produção local, mas respeitando as restrições impostas pela quarentena do coronavírus.

A feira conta com 38 expositores que vendem frutas, legumes e verduras, além de ovos, queijos, temperos, massas e embutidos. Os feirantes seguem as regras de prevenção, com uso de máscaras e álcool em gel. Cada carro deve levar no máximo duas pessoas, ambas com máscaras.

A feira acontece no neste domingo (17), das 5h às 11h, no Kartódromo Municipal (Av. Doutor Quinzinho, s/ nº). A entrada e a saída dos veículos serão feitas pelo portão principal do kartódromo.

Macatuba confirma a primeira morte por Covid-19

A prefeitura de Macatuba (SP) confirmou na tarde desta sexta-feira (15) a primeira morte na cidade causada por complicações da Covid-19. A mulher de 81 anos, que tinha outras doenças associadas, estava internada na Santa Casa da cidade e morreu na manhã desta quinta-feira (14).

Segundo boletim epidemiológico divulgado pela prefeitura, Macatuba tem cinco casos confirmados de Covid-19 e um suspeito, aguardando resultado de exames. Dos casos confirmados, três pessoas estão curadas.

Balanço da Covid-19 Macatuba

Bauru confirma a 11ª morte causada pela Covid-19

A prefeitura de Bauru anunciou no início da noite desta sexta-feira (15) a 11ª morte de morador da cidade causada por complicações da Covid-19. A mulher, de 82 anos, morreu exatamente um mês depois de apresentar sintomas de síndrome respiratória, no último dia 15 de abril.

Com oito novas notificações confirmadas por exames, Bauru tem agora 208 pessoas atingidas pela doença. Outros 30 pacientes, tratados como suspeitos, aguardam resultados de exames e há ainda duas mortes sob investigação.

Balanço Covid-19 Bauru

Marília confirma cinco casos de ontem para hoje.

Nas últimas 24 horas, a cidade de Marília registrou 5 novos casos da doença, elevando de 29 para 34 pacientes positivos confirmados. Segundo as informações, 04 destes pacientes tiveram contato direto com o paciente registrado no dia de ontem.

Segundo o informe, trata-se de um paciente homem com 49 anos e mais 3 mulheres de 43, 39, e 35 anos de idade respectivamente. Todas as pessoas estão sendo monitoradas em isolamento domiciliar.

O quinto caso, é de uma mulher de 54 anos que esteve em um município com epidemia, sendo que, o resultado do exame chegou no dia de ontem. A mesma se encontra em isolamento domiciliar desde o inicio dos sintomas.

O município de Marília atende, atualmente, apenas um dos três critérios para a reabertura das atividades econômicas, dando a entender que, se o anuncio da flexibilização por parte do governador ocorresse hoje, a cidade continuaria com as portas do comércio fechada.

Os requisitos constam no “Plano São Paulo”, que prevê reavaliação e possibilidade de flexibilização das regras da quarentena por regiões, a partir de junho. A cidade não tem atingido o índice de isolamento social recomendado – a meta estabelecida pelo Estado é de 60%, mas o mínimo necessário é 50%.

Esta semana teve pico de 47% no domingo – dia que já vem registrando a maior adesão – e menor isolamento na terça (12), quando o indicador ficou em 42%. O menor índice desde o começo da quarentena em Marília, de 41%, foi registrado na sexta-feira (8) da semana passada.

DIRETO DA REDAÇÃO

error: Conteúdo protegido por direitos autorais.