Sistema de trilhos terá reajuste no valor das passagens também.

A tarifa básica unitária do Metrô de São Paulo e da CPTM – Companhia Paulista de Trens Metropolitanos vai aumentar dos atuais R$ 4,00 para R$ 4,30, a partir de 13 de janeiro deste ano, um domingo.

O anúncio foi feito pela equipe do governador recém-empossado, João Doria, à Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo – Alesp e publicado no Diário Oficial.

Os novos valores são:

BilhetesValores atuaisNovos Valores
Tarifa básica R$ 4,00 R$ 4,30
(SPTrans a partir de 07/01)

(Metrô/CPTM a partir de 13/01)
Bilhete Único R$ 4,00 R$ 4,30
(SPTrans a partir de 07/01)

(Metrô/CPTM a partir de 13/01)
BOM R$ 4,00 R$ 4,30
Escolar R$ 2,00 R$ 2,15(SPTrans a partir de 07/01)
(Metrô/CPTM a partir de 13/01)
Bilhete Único Integrado R$ 6,96 R$ 7,21 entre 07 e 12/01R$ 7,48 a partir de 13/01
Fidelidade 8 R$ 29,50 R$ 31,71
 R$ 3,69 R$ 3,96
Fidelidade 20 R$ 71,50 R$ 76,86
 R$ 3,58 R$ 3,84
Fidelidade 50 R$ 174,00 R$ 187,05
 R$ 3,48 R$ 3,74
Temporais (Tarifa média por passageiro)
Exclusivos
Mensal Comum R$ 194,30 R$ 208,90
24 Horas Comum R$ 15,30 R$ 16,40
Integrados
Mensal Comum R$ 307,00R$ 318,00 entre 07 e 12/01R$ 323,80 a partir de 13/01 
24 Horas Comum R$ 20,50R$ 21,20 entre 07 e 12/01R$ 21,60 a partir de 13/01

TARIFAS DE ÔNIBUS NA GRANDE SÃO PAULO:

COMO ATRASAR UM POUCO OS IMPACTOS DOS AUMENTOS E QUAL TIPO DE BILHETE É MELHOR:

Comprar créditos de transportes antecipadamente e fazer as contas para ver se vale mais a pena a modalidade comum do Bilhete Único ou as modalidades mensal e 24 horas são alternativas para sentir menos e um pouco mais tarde os aumentos de tarifas.

A partir do próximo final de semana, diversos sistemas de transportes da Grande São Paulo, incluindo a capital paulista e o ABC, terão aumento de tarifas.

Na cidade de São Paulo, a tarifa de ônibus sobe para R$ 4,30 no dia 07 de janeiro. O Metrô, na capital, e a CPTM, na Grande São Paulo, passam a ter tarifa de R$ 4, 30 no próximo dia 13.

A integração entre ônibus da SPTrans e Metrô/CPTM passa para R$ 7,21 entre 07 e 12 de janeiro e depois para R$ 7,48 a partir de 13 de janeiro, já incorporando o reajuste do sistema de trilhos.

No ABC Paulista, já estão confirmados aumentos a partir de 06 de janeiro em Santo André, onde a tarifa vai para R$ 4,75, e em Diadema, com tarifa a R$ 4,65 .

Em Carapicuíba, na região oeste da Grande São Paulo, a tarifa vai para R$ 4,50, em 05 de janeiro de 2019.

Os reajustes impactam na renda dos passageiros que passam a ter de desembolsar mais para realizarem os deslocamentos.

No caso da capital paulista, como existem as modalidades Mensal e 24 horas do Bilhete Único, é necessário fazer as contas, para ver se vale a pena continuar com elas ou usar a modalidade comum.

O Bilhete Único Mensal sem integração passa a custar R$ 208,90. A uma tarifa de R$ 4,30, vale a pena a modalidade se o passageiro usar o bilhete a partir de 49 vezes por mês.

Já o Bilhete Único Mensal com integração (já incorporando o reajuste do Metrô e CPTM) em 13 de janeiro passa a custar R$ 323,80. A uma tarifa integrada de R$ 7,48, a modalidade vale se o passageiro usar mais de 43 viagens por mês.

A modalidade 24 horas do Bilhete Único sem integração passará a custar 16,40. A modalidade só vale a pena a partir de quatro viagens pagas com o cartão por dia.

O Bilhete Único 24 horas integrado entre ônibus e Metrô/CPTM já incorporando o aumento do sistema de trilhos em 13 de janeiro vai para R$ 21,60. Levando em conta a tarifa integrada de R$ 7,48, a modalidade vale a pena a partir de três pagamentos por dia.

COMPRAR ANTES DO AUMENTO:

São Paulo:

Pelo site da SPTrans, é possível saber os endereços dos postos de recarga do Bilhete Único e também comprar pela internet, com pagamento por boleto bancário. Os créditos comprados até a data do aumento ainda serão descontados pelo valor de R$ 4,00.

Há também a possibilidade de compra de créditos por aplicativos de celulares, mas o usuário deve estar atendo às taxas de serviço e carregamento.

A SPTrans disponibiliza a relação de algumas opções:

Santo André:

A sede da AESA – Associação das Empresas do Sistema de Santo André, onde é possível fazer a recarga do Bilhete Único Andreense é na Avenida Industrial, Conjunto 1 C, 600 – no pátio do Grand Plaza Shopping.

Também é possível fazer a recarga em postos credenciados no comércio da cidade.

É recomendável ligar para o estabelecimento comercial antes porque pode ter havido mudanças em alguns deles

Diadema:

Em Diadema o cartão SOU – Sistema de Ônibus Urbanos tem os seguintes endereços para compra de créditos:

Loja Sou Diadema: 
Localizada na Av. Presidente Kennedy, 287 – Centro, Diadema – SP

Terminal de Ônibus Diadema: 
Localizada na Av. Presidente Kenedy S/N – Centro, Diadema SP

Terminal de Ônibus Piraporinha: 
Localizada na Av. Encarnação, 482 – Piraporinha, Diadema – SP

Shopping Praça da Moça: 
Localizada na R. Manoel da Nóbrega, 712 – Centro, Diadema – SP

Carapicuíba:

Os postos de vendas de créditos do cartão PEC – Passe Eletrônico de Carapicuíba ficam nos seguintes endereços:

–  Casa da Beleza  ( Av Rui Barbosa, 500 sala 28 – 2ª a 6ª das 09 às 19hs e sábado das 09 às 17hs )

–  Plaza Shopping Carapicuíba ( Estrada Ernestina Vieira, 149 – Vila Dirce – Subsolo – 2ª a 6ª das 09 às 18hs e sábado das 09 às 13hs )

–  Terminal Luiz Bortolosso – KM 21 ( Av dos Autonomistas, 8000 – 2ª a 6ª das 08:30 as 17:30hs e sábado das 08:30 às 12:30hs ).

–  Del Rey Transportes ( Av Marginal , 1234  – 2ª a 6ª das 08 às 17:30hs )

–  ETT Carapicuíba – ( Estrada Cabreúva , 160- 2ª a 6ª das 07:30 às 16:30hs )

Fonte : Diário do Transporte

error: Conteúdo protegido por direitos autorais.